Cotidiano

5 coisas você precisa saber sobre o sistema de imigração da Irlanda

03/08/2016

Tweet Linkedin Google+

Foto do jornal IndependentAs filas na madrugada para conseguir atendimento no escritório da imigração da Irlanda, também chamado de Garda National Immigration Bureau (GNIB) Registration Office, parecem chegar ao fim depois de anos de reclamações. No dia 25 de julho, a Irlanda anunciou o uso de um sistema de registro online para quem precisa de atendimento para o visto - seja para a primeira aplicação, renovação, mudança de categoria e demais serviços. O site na Internet ainda está indisponível, mas com a promessa de funcionamento em breve (outono irlandês). Essa mudança deixa o processo mais prático, mas o volume de atendimento na unidade continuará intenso. Por isso, para evitar transtornos, é importante preparar tudo o que você precisa para fazer seu registro e aproveitar a experiência internacional com a documentação em dia.

Agendamento online

Para conseguir atendimento no escritório de imigração, estrangeiros que precisam de algum tipo de visto para permanecer na Irlanda devem fazer um agendamento pela Internet. No portal da imigração, a informação é de que o sistema ainda está indisponível. A reserva de um horário deve ser feita através deste site. Dúvidas podem ser encaminhadas para o email burghquayregoffice@justice.ie.

Documentação de registro

Intercambistas precisam apresentar na imigração irlandesa uma série de documentos. Entre eles, o passaporte com validade superior a do fim do curso, ou melhor, no caso de cursos de inglês, com validade até o fim do visto de oito meses. Também é preciso a carta de matrícula da escola com comprovante de pagamento do curso - a escola já deve ter enviado uma cópia ao escritório GNIB anteriormente (confirme isso antes de marcar seu atendimento). O seguro saúde será solicitado, assim como um comprovante de endereço e comprovante de 3 mil euros depositados em uma conta de um banco irlandês (o extrato bancário entregue em sua casa serve como comprovante de endereço e comprovante de recursos para se manter no país). Com toda a documentação correta, o intercambista paga com cartão os 300 euros de taxa de emissão do cartão GNIB - o escritório não aceita dinheiro, mas você pode usar o seu cartão do banco na Irlanda e descontar esse valor dos 3 mil euros depositados na sua conta pessoal no país. Mais informações sobre documentos no portal Education in Ireland.

Atualização de endereços

Cada vez que você mudar de endereço na Irlanda, é preciso atualizar o cadastro com o departamento de imigração (Garda). Não é necessário agendar atendimento para isso, pelo contrário, tudo é feito pelo email gnib_dv@garda.ie. No corpo do email, você deve colocar seu nome, número de passaporte, número do GNIB e solicitar a alteração do endereço. Informe seu endereço anterior, ou seja, o que está cadastrado no escritório do GNIB, e deixe em destaque o seu novo endereço. Em poucos dias você receberá um email com a confirmação da alteração. Esse procedimento é muito importante. Seu endereço precisa estar atualizado. Lembre-se que a Garda pode confirmar a informação cada vez que você sair do país e retornar.

Renovação do GNIB

O processo de renovação de visto é parecido com o do primeiro cadastro, mas um pouco mais simples, já que não existe a necessidade de comprovar recursos para se manter no país - o comprovante de 3 mil euros não será exigido. Para a renovação, o estudante de inglês deve ter pelo menos 85% de presença no curso e estar matriculado em cursos de nível superior ao anterior - se você estava matriculado no curso de inglês intermediário, sua renovação deve ser para curso de nível acima do intermediário (upper-intermediate) ou avançado. O seguro médico também será solicitado e a taxa a ser paga para a emissão de um novo cartão GNIB continua sendo de 300 euros.

Para estudar inglês, estrangeiros podem aplicar três vezes para o visto (stamp 2), ou seja, duas renovações são permitidas. Após esse prazo, apenas cursos de graduação/pós-graduação de período integral são aceitos. Ao todo, estudantes de fora da Europa podem permanecer na Irlanda com o stamp 2 por até sete anos.

Viagens e reentrada no país

Brasileiros não precisam solicitar um novo visto de entrada na Irlanda, contanto que seu GNIB esteja válido, só porque deixaram o país para fazer alguma viagem (isso acontece apenas com algumas nacionalistas). No entanto, é importante ter em mãos a carta da escola para mostrar ao atendente da imigração e o cartão GNIB, além do passaporte válido, é claro. Esteja preparado para responder perguntas sobre seu curso, nome da escola, horário que você estuda e como está sua presença em aulas - sempre que possível, para evitar transtornos, solicite uma carta à escola com seu índice de presença em aula ou carta de férias, caso esse seja o caso.

O escritório da imigração em Dublin fica no endereço 13/14 Burgh Quay, Dublin 2, no centro de Dublin.

 

Por Marciéli Palhano, jornalista e intercambista em Dublin.